Destaques arredondados Z2

6/Z2/ticker-posts

Publi topo do site

Publicidade:
Publi aqui - Portal Spy

Bahia vende Chávez para o Lens na maior transação da história do Nordeste; veja valores

Chávez em Internacional x Bahia — Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia / Divulgação

Após ceder Jhoanner Chávez ao Lens no início da temporada, o Bahia concluiu a venda do lateral-esquerdo para o clube francês por 4,5 milhões de euros (equivalente a R$ 25,7 milhões na atual cotação), marcando assim a maior transação já realizada na história do futebol nordestino. O acordo inclui uma cláusula de compra obrigatória caso certas metas sejam alcançadas durante o período inicial de empréstimo do jogador equatoriano de 22 anos.

Além do valor fixo da transferência, o Bahia também tem direito a bônus e participações em uma possível negociação futura envolvendo o lateral. O Lens só oficializará a compra de Chávez após a abertura do mercado europeu, conforme divulgado inicialmente pelo jornalista César Luis Merlo e posteriormente confirmado pelo portal ge, nesta quinta-feira.

A transação de Chávez do Bahia para o Lens superou a transferência de Moisés, que foi do Fortaleza para o Cruz Azul-MEX por cerca de R$ 24,5 milhões.

Principais vendas do futebol nordestino:

Jhoanner Chávez (Bahia para o Lens-FRA) - R$ 25,7 milhões
Moisés (Fortaleza para o Cruz Azul-MEX) - cerca de R$ 24,5 milhões
Caio Alexandre (Fortaleza para o Bahia) - cerca de R$ 24,3 milhões
Lucas Ribeiro (Vitória para o Hoffenheim-ALE) - R$ 16 milhões
Gregore (Bahia para o Inter Miami-EUA) - R$ 15,7 milhões
Além disso, o montante da venda de Chávez excede o investimento feito pelo Bahia no jogador em R$ 7,7 milhões. Comprado pelo Tricolor em 2023 por R$ 18 milhões, o lateral também está entre as cinco maiores aquisições já realizadas no futebol nordestino.

*O levantamento foi feito inicialmente pelo blog do jornalista Cássio Zirpoli

Principais compras do Nordeste:

Caio Alexandre (Bahia): R$ 24,3 milhões
Jean Lucas (Bahia): R$ 24,2 milhões
Moisés (Fortaleza): R$ 18,4 milhões
Jhoanner Chávez (Bahia): R$ 18 milhões
Cauly (Bahia): R$ 13,8 milhões
Expectativas não atendidas:
Apesar de chegar à Cidade Tricolor com grande expectativa, Chávez não conseguiu corresponder em campo e acabou perdendo seu lugar na equipe titular. Ele contribuiu com um gol e duas assistências em 29 jogos disputados na temporada anterior.

Em julho de 2023, o jogador foi emprestado ao Independiente del Valle por um período de cinco meses. Durante sua passagem pelo clube equatoriano, Chávez apresentou um desempenho melhor, ganhando espaço na equipe titular e participando de 14 jogos, nos quais marcou dois gols. Ele também foi convocado para representar a seleção equatoriana nas Eliminatórias da Copa de 2026, começando como titular nas partidas contra Bolívia e Colômbia.

Desde seu empréstimo ao Lens no início deste ano, Chávez disputou onze jogos, sendo titular em oito deles, mas não conseguiu marcar gols ou fornecer assistências. Sua última partida foi em 12 de abril, contra o Metz, pelo Campeonato Francês.


Postar um comentário

0 Comentários

Publicidade: