18.8.21

'A prefeita está nomeando pessoas incompetentes', dispara vereador em tribuna da CMJ [VÍDEO]

Durante discurso, Alex Tanuri ainda alfinetou os secretários das pastas: saúde, educação e obras.


Foto: Reprodução internet / Montagem: Portal Spy
::: Siga o Portal Spy no Google Notícias :::
Na sessão ordinária desta terça-feira (17 de agosto), o vereador Alex Tanuri discursou na Câmara de Vereadores, destacando a relevância do movimento de professores aposentados que estão postulando a criação de uma auditoria para investigar possíveis irregularidades no Instituto de Previdência de Juazeiro (IPJ). 
::: Clique aqui e participe do Grupo de WhatsApp de notícias de Juazeiro, Bahia e Petrolina, Pernambuco :::
O vereador disse que "estão solicitando uma fiscalização no IPJ, [e já chegaram] ao ponto de pedirem CPI. E se for o caso, teremos que fazer essa CPI, mas também tem que incluir as duas gestões, a passada e a atual".
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Durante discurso, o legislador disse que a "gestão não teve a bondade, e a responsabilidade em contratar gestores com competência(…) As minhas denúncias estão sendo feitas com embasamentos, assim como denunciei que o governo não está conseguindo sair do CAUC por falta de arrecadação e comprovação do CRT".
Veja mais notícias políticas em Juazeiro, Petrolina e Região: (clique aqui)
Em sessão, Alex Tanuri declarou ainda: "O Tribunal de Contas aceitou a denuncia, a Procuradoria acatou  e está sendo tudo feito pelos tramites legais. O governo já pagou de multa, efetuando o primeiro pagamento em  21/07, no valor de R$ 397.713,38, havendo um acréscimo ilegal de  R$ 40 mil de juros com multa. O segundo pagamento realizado no dia 22/07 no valor de R$ 294 mil com juros e multa no  valor de R$ 29 mil; e o outro em R$ 78 mil  com juros e multas de R$ 7.942,00. É correto o município pagar juros e multas de um instituto que é do funcionário público? Alguém terá que pagar este dinheiro”, relatou o vereador Alex. "Pagamento à cima desse grupo no valor de R$ 4 mil referente ao mês de janeiro deu causa a acréscimo ilegais no valor de R$ 503,00, ou seja, a um montante de R$ 78.840,97. Na verdade quem tem que pagar esta despesa é a gestora", detonou o vereador.

Assista:

O parlamentar, ainda em seu discurso, alfinetou a secretária de educação, Normeide Almeida. "Não adianta ser professor e colocar para ser secretário de educação se a pessoa não sabe administrar uma empresa pública". Ele ainda deu uma outra cutucada no secretário de saúde, Dr. Fernando Costa, devido às inúmeras denúncias que vem acontecendo na pasta. "Não adianta eu ser médico, e ser secretário de saúde". Ele mandou outro torpedo para o secretário de obras. "Não adianta eu ser engenheiro, e ir gerir  uma secretaria". (Com informações: Jornal AP)

Confira mais notícias em áudio pelo Spy Cast
O canal de podcasts do Portal Spy:
Comente esta matéria em nosso facebook.Com informações: AP
via: Portal Spy Licença Creative Commons
Cópia não autorizada estará sujeita a punições legais.

Postar um comentário

Antes de comentar qualquer matéria leia as regras de utilização do Portal. Qualquer comentário que violar as regras será automaticamente excluído por nossa equipe. É proibido inserir links (urls) dentro do comentário, caso contrário o mesmo será deletado por nossa equipe.

Veja nosso conteúdo por categoria

...
Clique e acesse

Whatsapp Button works on Mobile Device only