Destaques arredondados Z2

6/Z2/ticker-posts

Publi topo do site

Publicidade:
Publi aqui - Portal Spy

Papa Francisco reconhece milagres de Carlo Acutis, beato que morreu aos 15 anos; saiba quem foi ele

Foto: Reprodução internet

Carlo Acutis, um adolescente italiano que faleceu aos 15 anos em 2006, devido a uma leucemia, teve o segundo milagre atribuído a ele reconhecido pela Igreja Católica. Nesta quinta-feira (23), o Papa Francisco reconheceu que uma jovem costa-riquenha se curou de um grave acidente de bicicleta após sua mãe rezar diante do túmulo de Acutis em Assis, na Itália. Espera-se que em breve ele seja canonizado.

Acutis foi beatificado em 2020, depois que o Vaticano reconheceu o milagre da cura de uma criança de quatro anos em Mato Grosso do Sul. De acordo com um relato do g1, em 12 de outubro de 2010, uma criança de quatro anos que sofria de problemas no pâncreas se curou ao tocar em uma peça de roupa que pertencia a Carlo e continha seu sangue. Esse episódio ocorreu em uma capela de Nossa Senhora Aparecida, em Campo Grande.

O milagre reconhecido pela Igreja Católica nesta quinta-feira envolve Valéria, uma jovem nascida na Costa Rica, na América Central, que se recuperou de um grave acidente de bicicleta poucos dias depois de sua mãe viajar até a Itália e rezar junto ao túmulo do beato. A jovem estava hospitalizada e suas chances de sobrevivência eram escassas.

Acutis foi beatificado em 10 de outubro de 2020. Seu corpo está exposto no Santuário do Despojamento, em Assis, na Itália, onde os restos mortais do jovem estão bem conservados e foram reconstituídos conforme informado pelo Vaticano.

Padroeiro da Internet
Nascido em Londres, na Inglaterra, Carlo Acutis cresceu em Milão, na Itália, e desde jovem praticou o catolicismo. Desde a infância, ele tinha uma devoção especial à Virgem Maria.

— Desde pequeno, especialmente após sua primeira comunhão, ele nunca deixou de participar da Missa diária e recitar o Rosário, seguido de um momento de adoração ao Santíssimo Sacramento — disse sua mãe, Antonia Acutis, à agência de notícias católica ACI.

Com um conhecimento notável em ciência da computação para sua idade, ele criou um site para catalogar todos os milagres reconhecidos pela Igreja Católica. Essa plataforma online também serviu como meio de evangelização para os fiéis, o que lhe rendeu o apelido de Padroeiro da Internet.

— Este jovem foi verdadeiramente genial e muitos aspectos de sua vida são um exemplo inspirador para nós — disse o bispo de Assis, Dom Domenico Sorrentino, ao site de notícias do Vaticano.

Carlo Acutis faleceu em 12 de outubro de 2006, aos 15 anos, no dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil. Em 2010, a roupa do jovem foi levada a Mato Grosso do Sul para uma exposição realizada durante a missa anual de Nossa Senhora Aparecida, o mesmo dia em que ocorreu o milagre no Brasil. Com informações: G1

Postar um comentário

0 Comentários

Publicidade: