Destaques arredondados Z2

6/Z2/ticker-posts

Publicidade:
Publi aqui - Portal Spy

Pai, mãe e filho de apenas 11 anos estão entre vítimas do acidente entre ônibus e caminhão na Bahia

Acidente aconteceu na BR-324, em trecho da cidade de São José do Jacuípe, no norte do estado. Mias de 20 pessoas morreram.

Foto: Redes sociais

Uma família evangélica composta por pai, mãe e filho estão entre vítimas da tragédia ocorrida na madrugada de domingo (7) na BR-324, próximo à cidade de São José do Jacuípe, no norte da Bahia, quando um ônibus de turismo colidiu com um caminhão carregado de mangas, resultando em mais de 20 pessoas mortas.

As vítimas da família foram identificadas como Erivaldo Santos do Nascimento, de 38 anos, que atuava como presbítero na igreja Assembleia de Deus Madureira Jacobina; Tatiane Santos de Souza Nascimento, de 35 anos, empreendedora que revendia cosméticos; e Emanuel Santos de Souza Nascimento, um menino de apenas 11 anos.

Erivaldo, como presbítero, desempenhava um papel fundamental na igreja, auxiliando o pastor e cuidando da dinâmica espiritual da comunidade. Tatiane, por sua vez, era uma empreendedora ativa no ramo de cosméticos.

A igreja Assembleia de Deus Madureira Jacobina manifestou seu profundo pesar pela perda da família, destacando a contribuição e o comprometimento de Erivaldo com a comunidade religiosa.

Inicialmente, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou a informação de 25 vítimas fatais, mas posteriormente a PRF e o Instituto Médico Legal (IML) confirmaram 24 mortes. Três das vítimas estavam no caminhão, enquanto as demais estavam no ônibus.

A maioria das vítimas residia em Jacobina, e o grupo que estava no ônibus retornava de um passeio na praia de Guarajuba, no litoral norte. Já as pessoas que estavam no caminhão saíram de Juazeiro com destino a Feira de Santana, onde realizariam o descarregamento das mangas.

Os corpos das vítimas foram encaminhados para o Instituto Médico Legal de diferentes cidades. Até o momento, 11 corpos foram levados para Jacobina, 8 para Juazeiro, 4 para Euclides da Cunha e 1 para Serrinha. Apesar de 12 nomes confirmados pelo IML, a prefeitura de Jacobina já identificou 22 vítimas.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code

Publicidade::
Publi aqui - Portal Spy