Destaques arredondados Z2

6/Z2/ticker-posts

Setembro Amarelo: Juazeiro alerta sobre cuidados com a saúde mental no mês de prevenção ao suicídio


A Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Saúde (Sesau), reforça o alerta sobre os cuidados com a saúde mental e a desestigmatização sobre o suicídio aderindo à campanha Setembro Amarelo. O movimento surgiu com a ideia de quebrar tabu e estimular que as pessoas busquem e ofereçam ajuda.

A campanha é realizada por diversas entidades, incluindo o Centro de Valorização da Vida (CVV), que definiram como tema para este ano: “Acolher é cuidar” para lembrar a importância de oferecer acolhimento e um olhar compreensivo, sem julgamentos para poder oferecer ajuda.

“O suicídio sempre foi um tema tabu na sociedade e é fundamental que passe a ser tratado como um problema de Saúde Pública de causas multifatoriais. No entanto é necessária muita responsabilidade para se tratar desse assunto. É preciso deixar de lado as ideias de que os problemas de saúde mental são questões individuais e olhar elas dentro de um contexto social, das condições de vida, de trabalho e de tantas outras questões. Além disso, é muito importante entender que lidar com essas questões é muito difícil, e por isso há a necessidade de suporte com profissionais especializados”, disse a psicóloga do CAPS II, Jéssica Barbosa.

A profissional orientou como se deve abordar uma pessoa em sofrimento mental para oferecer ajuda. “As pessoas que tão próximas de alguém em sofrimento, é muito importante tentar evitar julgamentos e conselhos prontos, tentar evitar falas de que é um momento de fraqueza ou de falta de fé e encorajar a pessoa a buscar ajuda em um serviço especializado”, destacou.

Onde procurar ajuda?
A Prefeitura de Juazeiro disponibiliza assistência à saúde mental para a sua população. O serviço é oferecido em unidades que atendem de acordo com o perfil e necessidades dos pacientes.
A rede é composta pelas Unidades Básicas de Saúde, Ambulatório de Saúde Mental, CAPS II / CAPS AD III e CAPS Infanto-Juvenil.
O Centro de Valorização da Vida (CVV) também realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo gratuitamente todas as pessoas que precisam conversar, sob total sigilo através do telefone: 188.

Fonte: Ascom/PMJ
Licença Creative Commons

Postar um comentário

0 Comentários

Publicidade:

Ad Code

Publicidade: