Destaques arredondados Z2

6/Z2/ticker-posts

Agosto Lilás em Juazeiro: Blitz educativa orienta condutores e pedestres para o fim da violência contra a mulher


Quem passou pelo Centro de Juazeiro na manhã desta sexta-feira (18) notou uma mobilização com faixas e distribuição de panfletos com a proposta de conscientizar a população para o fim da violência contra a mulher. A equipe do Centro Integrado de Atendimento à Mulher (CIAM), da Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade (Sedes), esteve junto à Ronda Maria da Penha da Polícia Militar nas ruas em mais uma ação alusiva ao Agosto Lilás.
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Paulo Carvalho estava parado no semáforo e recebeu o panfleto com orientações para o fim da violência doméstica e familiar contra as mulheres. “Eu acho importante porque precisamos proteger as mulheres, elas são tudo para a gente na vida”, disse o condutor.

Gildeci dos Santos também aguardava abrir o semáforo e acompanhou a luta contra a violência realizada pelas equipes da Prefeitura e da PM. “É um apoio muito bom. Ultimamente a violência está muito grande em desfavor da mulher. É uma forma de conscientizar. Precisamos de paz e não de violência”, destacou.

“Nossa blitz está orientando as mulheres sobre a existência do CIAM e de toda a rede de enfrentamento à violência contra as mulheres. O CIAM funciona na Avenida Luís Inácio Lula da Silva, no bairro Novo Encontro. É importante que as mulheres que sofrem algum tipo de violência doméstica e familiar saibam a quem buscar para acabar com essa situação”, explicou a coordenadora do CIAM, Sônia Lima.

Mulheres aprovam a ação
Samila Patrícia caminhava próximo à ação do Agosto Lilás e aprovou o momento educativo no Centro da cidade. “A mulher precisa criar coragem e entregar o homem que maltrata mulher. O homem que bate em mulher é um covarde. A mulher precisa de coragem e atitude para se defender e denunciar”, declarou.

Inalda Jorge também circulava próximo à região bancária em Juazeiro e recebeu as informações da rede de enfrentamento à violência doméstica e familiar contra as mulheres. “Eu acho muito bom. Muita gente sofre e não sabe para onde ir e nem como se defender. Aqui vocês mostraram a quem buscar em situação desse tipo de violência”, pontuou Inalda.

Agosto Lilás
Durante todo o mês, a Sedes está realizando diversas ações que alertam a população pelo fim da violência contra as mulheres e este ano comemora os 17 anos da Lei Maria da Penha, celebrada no dia 7 de agosto.

Rede de Enfrentamento
Juazeiro possui uma rede de proteção de enfrentamento à violência onde mulheres vítimas de violência podem buscar: o Centro Integrado de Atendimento à Mulher (CIAM), Delegacia Especializada de Assistência à Mulher (DEAM), Diretoria da Mulher, que fica no anexo da Sedes, na Orla I de Juazeiro, Ronda Maria da Penha da Polícia Militar, Patrulha Municipal Maria da Penha pelo 153 ou (87) 98153-2006, da Guarda Civil Municipal (GCM), Disk 180, Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) ou o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas).

Fonte: Ascom/PMJ
Licença Creative Commons

Postar um comentário

0 Comentários

Publicidade:

Ad Code

Publicidade: