Destaques arredondados Z2

6/Z2/ticker-posts

Publi topo do site

Publicidade:
Publi aqui - Portal Spy

Suposto filho de Gugu afirma: ''Quero ter o sobrenome Liberato na certidão''

Ricardo Rocha expressou seu arrependimento por não ter buscado contato com o apresentador durante sua vida.


Ricardo Rocha, um empresário de 48 anos que alega ser o suposto filho de Gugu Liberato, expressou arrependimento por não ter buscado esclarecer a história de sua possível herança com o apresentador enquanto ele ainda estava vivo. Em uma entrevista concedida a Roberto Cabrini e exibida no último domingo (25) pela Record TV, Ricardo revelou o desejo de ter o sobrenome Liberato em sua certidão.

Ricardo afirmou que, mesmo que sua mãe não tivesse dúvidas sobre sua paternidade, ele nunca acreditou que pudesse ser filho de Gugu. Ele compartilhou que sua mãe nunca manifestou interesse em procurar o apresentador, mas sempre o cobrou por não ter tomado essa iniciativa.

A mãe do comerciante, Otacília Gomes da Silva, conheceu Gugu em 1973 em uma padaria no bairro de Perdizes, em São Paulo. Embora tenham se tornado amigos, eles nunca foram namorados, mas tiveram relações sexuais duas vezes durante a adolescência. A confirmação da gravidez ocorreu no ano seguinte, quando já haviam perdido o contato, uma vez que Gugu não frequentava mais o local.

O medo de buscar Gugu sempre foi um obstáculo e, por essa razão, a ideia de procurá-lo só surgiu em 2017. No entanto, faltou coragem naquele momento. Dois anos depois, em novembro de 2019, Gugu faleceu em um trágico acidente doméstico, o que foi um gatilho para Ricardo.

Em relação aos comentários que o acusam de ser um "aproveitador", Ricardo afirmou que não se importa com tais críticas. Seu objetivo principal é acabar com a incerteza que o atormenta desde que sua mãe compartilhou a história.

No que diz respeito ao reconhecimento legal, Ricardo expressou o desejo de ser reconhecido como herdeiro caso o teste de DNA confirme sua paternidade em relação a Gugu. Ele ressaltou o desejo de ter o sobrenome Liberato em sua certidão. Embora não possa negar que considere a questão do dinheiro da herança, ele afirmou que, se o DNA comprovar a paternidade, ele tem direito a uma parte da herança, assim como os outros filhos.

É importante lembrar que a Justiça determinou que o testamento de Gugu deve ser mantido, com 75% do patrimônio de R$ 1 bilhão sendo destinados aos filhos João Augusto, Sofia e Marina. Caso a paternidade de Ricardo seja comprovada, o testamento poderá ser suspenso ou anulado até que ele seja incluído na partilha de bens


Com informações: Ana Maria UOL
Licença Creative Commons
Cópia sem citação da fonte com link para este original pode sofrer punições legais.
Portal Spy - Notícias de Juazeiro (BA), Petrolina (PE) e Região. Blog de Notícias. 
Portal Spy - Notícias de Juazeiro (BA), Petrolina (PE) e Região. Blog de Notícias. Região. Blog de Notícias.

Postar um comentário

0 Comentários

Publicidade: