Destaques arredondados Z2

6/Z2/ticker-posts

Publicidade:

Implantação de câmeras de monitoramento em uniformes de policiais militares da Bahia avança

"A gente fez a licitação e agora a empresa vencedora... Apresentou toda a documentação exigida", disse Marcelo Werner, secretário de Segurança Pública da Bahia.

A implantação de câmeras de monitoramento nas fardas de policiais militares da Bahia, tema de debate desde o governo de Rui Costa (PT), avançou para uma etapa posterior, com a seleção de uma empresa vencedora da licitação para o fornecimento desse equipamento. A informação foi revelada nesta terça-feira (27 de junho) pelo secretário de Segurança Pública da Bahia, Marcelo Werner, em resposta a uma pergunta feita pelo Bahia Notícias. O titular da SSP, no entanto, optou por não divulgar o nome da empresa neste momento, pois o processo ainda está em andamento e há análises pendentes.

"A gente fez a licitação e agora a empresa vencedora - não vou falar o nome porque o certame ainda está em andamento - apresentou toda a documentação exigida. A documentação está sendo analisada pela comissão do edital e pela Procuradoria Geral do Estado, e se estiver tudo ok a gente marca a prova de conceito, que é o teste, para ter certeza que aquele equipamento que a empresa dispôs atende os pré-requisitos e integração com nosso sistema. Uma vez realizada a prova de conceito, que a gente espera fazer o mais rápido possível, a gente consegue já assinar o contrato e fazer uso [das câmeras corporais] dela até o final do ano. Foi nossa previsão diante do certame tão complexo e um valor tão vultoso e do rito normal que a gente vem seguindo para contratação das câmeras corporais", comentou Werner.

No mês passado, durante uma entrevista, o secretário de Segurança Pública defendeu a adoção das câmeras de vídeo, argumentando que o equipamento aumentaria a transparência das ações policiais e protegeria tanto os agentes quanto os cidadãos. Segundo Marcelo Werner, "Isso resguarda o policial e o cidadão, tem vantagem de usar isso como prova, até mesmo para dispensar um policial de uma audiência. Ali seja em uma audiência de custódia ou durante o julgamento da ação pode ter elementos incontestes da atuação policial, vai estar claro preservado a prova",.

Marcelo Werner também destacou que as imagens captadas pelas câmeras podem ser úteis para auxiliar no treinamento dos policiais e aprimorar as técnicas operacionais da corporação. Para ilustrar essa afirmação, o secretário mencionou um caso ocorrido nos Estados Unidos.


Fonte: Bahia Notícias
Licença Creative Commons
Cópia sem citação da fonte com link para este original pode sofrer punições legais.
Portal Spy - Notícias de Juazeiro (BA), Petrolina (PE) e Região. Blog de Notícias. 
Portal Spy - Notícias de Juazeiro (BA), Petrolina (PE) e Região. Blog de Notícias. Região. Blog de Notícias

Postar um comentário

0 Comentários