Destaques arredondados Z2

6/Z2/ticker-posts

Publi topo do site

Publicidade:
Publi aqui - Portal Spy

Segurança é morto com 12 tiros ao cobrar dívida trabalhista a ex-patrão; suspeito foi preso

Segundo a polícia, o advogado da vítima teria informado que o segurança esperava receber aproximadamente R$ 10 mil em verbas rescisórias. Caso aconteceu no Piauí.

Fotos: Reprodução internet 

Nessa última sexta-feira (29), um homem identificado como Walisson Samuel da Costa, 32 anos, foi assassinado com 12 disparos de arma de fogo dentro de um supermercado no centro da cidade de União, a 52 quilômetros de Teresina, no norte do Piauí. O proprietário do estabelecimento foi detido suspeito de executar o homicídio.
De acordo com informações da Polícia Militar, republicadas pelo Portal Spy, a vítima tentava cobrar do dono do supermercado dívidas trabalhistas referente ao período em que atuou como segurança do local. 

Wesley, o dono da empresa, havia se recusado a pagar rescisão ao ex-funcionário e os dois acabaram discutindo.
Cópia sem citação da fonte com link para este post pode sofrer punições legais.
Walisson foi morto com tiros no rosto, pernas e região torácica. No momento dos disparos, vários clientes estavam dentro do supermercado, o que gerou desespero e revolta entre populares.

Segundo a polícia, o advogado relatou que o segurança cobrava aproximadamente R$ 10 mil de dívida rescisória.

O suspeito foi detido pela PM e conduzido à delegacia responsável, em Teresina. A polícia está investigando o caso.
::: Clique aqui e participe do Grupo de WhatsApp de notícias de Juazeiro, Bahia e Petrolina, Pernambuco :::
Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos clicando aqui! 
O post 'Segurança é morto com 12 tiros ao cobrar dívida trabalhista a ex-patrão; suspeito foi preso' apareceu primeiro no Portal Spy.
Fonte: Portal Spy --- Informações: G1
Licença Creative Commons
Cópia sem citação da fonte com link para este post pode sofrer punições legais.

Portal Spy - Notícias de Juazeiro (BA), Petrolina (PE) e Região. Blog de Notícias.

Postar um comentário

0 Comentários

Publicidade: