Destaques arredondados Z2

6/Z2/ticker-posts

Publicidade:

Após jogar granada e atirar contra policiais, Roberto Jefferson é preso pela PF

Ex-deputado resistiu a uma ordem de prisão de Moraes.

Foto: Reprodução
::: Siga o Portal Spy no Google Notícias :::
O ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB) foi preso na noite deste domingo (23), após atirar e jogar granadas contra policiais federais que foram cumprir uma ordem de prisão do Supremo Tribunal Federal (STF). A informação da prisão foi confirmada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, nas suas redes sociais. 
Marcos de Paula

"Como determinei ao ministro da Justiça, Anderson Torres, Roberto Jefferson acaba de ser preso. O tratamento dispensado a quem atira em policial é o de bandido. Presto a minha solidariedade aos policiais feridos no episódio", afirmou Bolsonaro.
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

O caso aconteceu em Levy Gasparian, na Costa Verde do Rio de Janeiro. O ex-deputado percebeu a chegada dos agentes por meio do sistema interno de câmeras do imóvel onde mora. Ele filmou as imagens das câmeras e disse que não iria se render e que enfrentaria os policiais.

Em nota à imprensa, a PF informou que Jefferson "reagiu à ordem de prisão anunciada pelos policiais federais". "Na ação, dois policiais foram feridos por estilhaços de granada arremessada pelo alvo e levados imediatamente ao pronto socorro. Após o atendimento médico, ambos foram liberados e passam bem", informou.

O ex-deputado será levado para a sede da Polícia Federal no Rio de Janeiro para cumprir pena em regime fechado.

Clique aqui e leita matéria completa
::: Clique aqui e participe do Grupo de WhatsApp de notícias de Juazeiro, Bahia e Petrolina, Pernambuco :::
Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos clicando aqui! 
Fonte: Tribuna do Note
Licença Creative Commons
Cópia sem citação da fonte, com link para matéria original, estará sujeita a punições legais.
Comente esta matéria em nosso facebook.

Confira outras notícias em áudio pelo Spy Cast
O canal de podcasts do Portal Spy:

Postar um comentário

0 Comentários