Portal Spy - Assaí Show de Prêmios - Petrolina-PE

Justiça dá três dias para governo Bolsonaro explicar aumento de combustíveis

Petrobras também foi intimada a detalhar políticas de preços; entidade pede que reajuste seja suspenso.


 Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil. 
::: Siga o Portal Spy no Google Notícias :::
A juíza federal Flávia de Macêdo Nolasco, da Seção Judiciária do Distrito Federal, deu prazo de 72 horas ao governo para que explique o aumento anunciado pela Petrobras no preço dos combustíveis. A magistrada atendeu a pedido do CNTRC (Conselho Nacional do Transporte Rodoviário de Cargas). A entidade pede que o reajuste seja suspenso em todo o país. 

De acordo com reportagem do R7, republicada pelo Portal Spy, devem responder aos questionamentos o presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), o presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna, e a própria estatal.
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Na ação apresentada à Justiça, o conselho alega que é ilegal atrelar o preço do combustível vendido dentro do Brasil ao valor internacional do barril de petróleo. "Trata-se de pedido de cessação de atos e omissões fundadas em prática inconstitucional, ilícita, antiética e imoral, lesiva aos consumidores dos derivados básicos de petróleo em território nacional afetados pela decisão política de fixação de preços imotivadamente vinculados a paridade internacional", descreve um trecho da ação. 
::: Clique aqui e participe do Grupo de WhatsApp de notícias de Juazeiro, Bahia e Petrolina, Pernambuco :::

Assista:
Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos clicando aqui! O post 'Justiça dá três dias para governo Bolsonaro explicar aumento de combustíveis [vídeo]' apareceu primeiro no Portal Spy.
Fonte: R7
Licença Creative Commons
Cópia sem citação da fonte, com link para matéria original, estará sujeita a punições legais.
Comente esta matéria em nosso facebook.

Confira outras notícias em áudio pelo Spy Cast
O canal de podcasts do Portal Spy:

Deixe seu comentário

Antes de comentar qualquer matéria leia as regras de utilização do Portal. Qualquer comentário que violar as regras será automaticamente excluído por nossa equipe. É proibido inserir links (urls) dentro do comentário, caso contrário o mesmo será deletado por nossa equipe.

Postagem Anterior Próxima Postagem