8.7.21

Spy Política: FBC diz que 'CPI tem coagido e cometido excessos'

"Não investiga e conclui antes de apurar os fatos. Não podemos ficar prisioneiros de uma maioria eventual, que não fala em nome do Senado", disse o senador.


Divulgação -- Ascom/FBC
🔊 OUÇA O CONTEÚDO DESTE POST | ÁUDIO NO FINAL DO TEXTO.
Para o líder do governo, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), a CPI tem agido para “coagir” depoentes. 
O Portal Spy tem acompanhado as declarações dos senadores e registra a postura de FBC defendendo o posicionamento das Forças Armadas, argumentando que a CPI tem “cometido excessos” e que a “maioria eventual” que dirige os seus trabalhos “não fala em nome do Senado”.
Link de Grupo de whatsapp de notícias de Juazeiro Bahia, Petrolina Pernambuco
"Os depoentes tem sido coagidos, interrompidos, impedidos de concluir suas respostas. Agindo assim, a CPI comete excessos. Não investiga e conclui antes de apurar os fatos. Não podemos ficar prisioneiros de uma maioria eventual, que não fala em nome do Senado", disse o senador. 
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

"A CPI repercute hoje uma narrativa apócrifa, sem qualquer embasamento probatório, trazida a público por Luiz Paulo Dominguetti. A própria Astrazeneca informou que apenas realiza a negociação de vacinas diretamente com governos", publicou o senador em rede social.
Veja mais sobre política geral: (clique aqui)
FBC prolonga e diz: "Fiz um apelo ao senador Omar Aziz para que não se afastasse da posição de equilíbrio que tem pautado o exercício da presidência da CPI desde a sua instalação. Mas não podemos nos calar. As garantias individuais, asseguradas pela Constituição, têm sido atropeladas pela CPI", conclui.

Ouça o conteúdo deste post: 
xxx
-  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  -

Confira mais notícias em áudio pelo Spy Cast
O canal de podcasts do Portal Spy:
Comente esta matéria em nosso facebook.Com informações: Agência Senado
Fonte: Redação Portal Spy Licença Creative Commons
Cópia não autorizada estará sujeita a punições legais.

Postar um comentário

Antes de comentar qualquer matéria leia as regras de utilização do Portal. Qualquer comentário que violar as regras será automaticamente excluído por nossa equipe. É proibido inserir links (urls) dentro do comentário, caso contrário o mesmo será deletado por nossa equipe.

Veja nosso conteúdo por categoria

...
Clique e acesse

Whatsapp Button works on Mobile Device only