segunda-feira, 19 de agosto de 2019

Noruega é a maior acionista da mineradora acusada de provocar acidente ambiental com água contaminada na Amazônia

A mineradora de alumínio está localizada em uma das áreas mais poluídas da floresta amazônica

Noruega é a maior acionista da mineradora que é acusada de provocar acidente ambiental com água contaminada na Amazônia
Thiago Gomes/Agência Pará
De acordo com matéria da UOL Notícias contendo notas da empresa acusada, o governo da Noruega, que congelou seus repasses ao Fundo Amazônia por não concordar com as políticas ambientais do governo de Jair Bolsonaro (PSL), é o maior acionista da mineradora Hydro Alunorte, acusada de ter provocado um acidente ambiental com água contaminada na cidade de Barcarena (PA) no ano passado. Em acordo com o MPF (Ministério Público Federal) e o MP (Ministério Público) do Pará, a empresa se comprometeu a distribuir água potável até outubro e também a dar vales-alimentação à população atingida.
 Comente esta matéria em nosso facebook. A Noruega é a dona de 34,26% das ações da Hydro Alunorte, a maior refinaria de alumínio do mundo fora da China. A empresa norueguesa é ainda acionista majoritária de outra mineradora na região: a Albrás. A Noruega também é o maior doador do Fundo Amazônia, somando 94% das doações feitas em mais de uma década. A mineradora de alumínio está localizada em uma das áreas mais poluídas da floresta amazônica, e é investigada pelo lançamento de água de chuva não tratada no rio Murucupi (PA) em fevereiro de 2018.
Clique aqui e veja mais detalhes na matéria completa: UOL Notícias 

Via:  Portal Spy

Postar um comentário

Notícias por Categoria

...
Veja mais notícias organizadas por categoria

Whatsapp Button works on Mobile Device only