Destaques arredondados Z2

6/Z2/ticker-posts

Publi topo do site

Publicidade:
Publi aqui - Portal Spy

Juazeiro intensifica o controle e prevenção ao mosquito Aedes aegypti


A Prefeitura de Juazeiro, por meio da Secretaria de Saúde (Sesau), está promovendo ações de controle e prevenção ao mosquito Aedes aegypti, responsável pela disseminação da dengue, zica e chikungunya. A “Semana Nacional de Mobilização Contra Arboviroses Urbanas” começou no munícipio no último sábado (18) no distrito de Itamotinga, quando mais de 600 imóveis receberam a visita dos agentes de endemias.

Será uma semana dedicada à conscientização sobre a importância dos cuidados para eliminar os focos de reprodução do mosquito. Os agentes de endemias estarão em campo e contam com a colaboração de pessoas como o senhor João Cavalcanti morador do bairro Itaberaba, que recebeu os profissionais na manhã desta segunda-feira (20). “As portas da minha casa sempre estão abertas para esse pessoal. É importante que eles possam entrar para nos ajudar a manter a casa livre do mosquito. Se todo mundo colaborasse, não teríamos mais casos dessas doenças”, comentou.

De acordo com o supervisor geral do Núcleo de Endemias, Diego Alves, além das visitas dos agentes de endemias, também serão realizadas atividades educativas nas Unidades Básicas de Saúde. “O trabalho é feito durante o ano inteiro, mas fazemos esse reforço com a proximidade do período chuvoso, então todo cuidado é pouco. E caso alguém apresente algum sintoma de dengue de chikungunya ou zika deve procurar a UBS mais próxima para ter assistência médica. O Núcleo de Endemias está à disposição de toda a população para tirar dúvidas e levar mais saúde a cada cidadão”, afirmou.

Confira a programação das visitas dos agentes de endemias:
21/11 - Alto da Aliança
22/11 - Alto do Quidé
23/11 - Nova Esperança
24/11 - Alagadiço
25/11 – Itamotinga

Cuidados para prevenção
O acúmulo de água parada contribui para a proliferação do mosquito e, consequentemente, maior disseminação das doenças. É importante esvaziar garrafas e mantê-las com a boca virada para baixo, limpar calhas, colocar areia nos pratos de vasinhos das plantas, tampar tonéis, lixeiras e caixas-d’água e colocar objetos, como pneus e lonas, abrigados da chuva. É importante destacar que ovos do mosquito podem sobreviver por um ano no ambiente.

Postar um comentário

0 Comentários

Publicidade: