Destaques arredondados Z2

6/Z2/ticker-posts

Publi topo do site

Publicidade:
Publi aqui - Portal Spy

Juazeiro busca estratégias para ampliar índice vacinal contra brucelose bovina

A Prefeitura de Juazeiro, por meio da Agência de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária (Adeap) reuniu-se, nesta terça-feira (28), com veterinários da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (ADAB) para discutir sobre o Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose na Bahia (PNCEBT-Ba). O intuito foi pensar em  medidas para ampliar o índice vacinal contra a brucelose no estado e alcançar o patamar de 80%, mínimo exigido pelo Ministério da Agricultura (MAPA).

Em todo o estado, o índice vacinal de bezerras com idade entre três a oito meses é de 65%. “Precisamos estabelecer medidas de ação fortes e direcionadas de maneira que tenhamos resultados positivos, colocando o município e o estado em posição de destaque no âmbito do Programa”, salientou o secretário da Adeap, Vinicius Alves.

A coordenadora do PNCEBT, Luciana Ávila, fez uma breve apresentação das ações realizadas e da cobertura vacinal em cada Território e avaliou o trabalho a ser desenvolvido. “O desafio é grande e se trabalharmos de forma participativa com gerentes, técnicos e veterinários a situação da vacinação contra Brucelose no estado pode melhorar”. 

Brucelose

A Brucelose bovina é uma doença causada por uma bactéria denominada Brucella abortus (conhecida como moléstia de Bang). É uma infecção altamente contagiosa e transmissível ao homem e por isso definida como zoonose. Pode ser transmitida para o homem através de ingestão de leite cru ou produtos derivados que não tenham passado por um processo específico de tratamento térmico e pelo consumo de carne crua de animais infectados.

A melhor forma de evitar a ocorrência da brucelose bovina é através da vacinação, cuja aplicação ocorre em uma única dose e apenas nas fêmeas. Por se tratar de uma doença letal, sem cura e altamente infecciosa, essa proteção é medida obrigatória para os rebanhos.

Postar um comentário

0 Comentários

Publicidade: