Destaques arredondados Z2

6/Z2/ticker-posts

Publi topo do site

Publicidade:
Publi aqui - Portal Spy

Juazeiro impulsiona criação de caprinos e ovinos na Bahia e ocupa posição de destaque no cenário nacional


De acordo com os dados da Pesquisa da Pecuária Municipal (PPM) realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgados recentemente, a Bahia continua sendo o estado com o maior rebanho de caprinos e ovinos do Brasil e entre os municípios baianos, Juazeiro foi o que mais contribuiu para este resultado.

A pesquisa revelou que, em 2022, a Bahia tinha cerca de 8,4 milhões desses animais, o que corresponde a 30,1% do total nacional, e Juazeiro registrou um aumento de 49,1% na criação de caprinos, passando de 227.546 para 339.576 cabeças, tornando-se o segundo maior produtor de caprinos da Bahia e o terceiro do Brasil. Juazeiro também se destacou na criação de ovinos, com um rebanho de 343.602 animais. A cidade ocupa a segunda posição no ranking nacional, ficando apenas atrás de Santana do Livramento-RS.

A prefeita Suzana Ramos comemorou o resultado expressivo e destacou o potencial juazeirense. “O sentimento é de felicidade e realização ao receber a notícia da conquista de mais um saldo positivo que reflete o incentivo da nossa gestão no desenvolvimento de um setor tão importante como a caprinovinocultura, um setor que alavanca o desenvolvimento econômico e traz dignidade ao nosso povo, ao sertanejo. Vamos seguir firmes trabalhando para construir uma nova Juazeiro, realizando as Feiras do Bode, otimizando as parcerias com instituições como o IBGE que fortalecem o nosso trabalho e nos dão resultados como este”, declarou a prefeita Suzana Ramos.

Parceria com o IBGE
A Prefeitura de Juazeiro, através da Agência de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária (Adeap), vem intensificando a parceria com o IBGE para melhorar a coleta de dados, tanto na Pesquisa Agrícola Municipal (PAM), quanto na Pesquisa Pecuária Municipal (PPM).  Como resultado desse esforço, Juazeiro passou a receber 10 Milhões de Reais a mais de repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) só com a melhoria dos números da PAM.

Agora, o objetivo é fazer o mesmo com os números do PPM. Nesta quinta-feira (19), o secretário Carlos Neiva se reuniu com o chefe da agência do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de Juazeiro, Saulo Almeida, o presidente da Associação dos Criadores de Caprinos e Ovinos do Sertão do São Francisco (ACCOSF), Salvador Júnior e o superintendente da Adeap, Denis Medrado, para discutir ações conjuntas que otimizem a eficiência da PPM em Juazeiro. O levantamento começa no próximo mês e vai até março de 2024.

Segundo o secretário da Adeap, Carlos Neiva, um trabalho ainda mais apurado pode fazer com que Juazeiro alcance uma posição ainda mais positiva no ranking. “Estamos promovendo uma união de esforços, com a participação da nossa estrutura da Adeap, da ACCOSF, para que o resultado seja cada vez mais fidedigno, é um reforço ao excelente trabalho realizado pelo IBGE, que tenho certeza que vamos revelar um rebanho ainda maior na pesquisa deste ano”, explicou, Carlos Neiva.


Trabalho integrado
Uma das alternativas sugeridas na reunião é a criação de uma comissão para coordenar o trabalho. ”Essa  proposta da Prefeitura de Juazeiro é muito bem-vinda para nós, porque nos permite integrar IBGE, ADAB, ADEAP E ACCOSF,  usando a capacidade de cada órgão de acessar o produtor para o levantamento de informações, nos garantirá maior alcance e precisão da PPM”, destacou o chefe do IBGE, Saulo Almeida.

O levantamento
A Pesquisa da Pecuária Municipal (PPM) é uma pesquisa anual realizada pelo IBGE que fornece informações sobre os efetivos das espécies animais criadas e as produções de origem animal nos municípios brasileiros. A PPM utiliza como fontes de dados os órgãos públicos e privados envolvidos no setor da pecuária, como secretarias de agricultura, sindicatos rurais, cooperativas, associações de criadores, entre outros.

A pesquisa também conta com a colaboração dos produtores rurais, que fornecem informações sobre os seus rebanhos e produções. A pesquisa também permite avaliar o potencial produtivo e o valor da produção da pecuária em cada município. A PPM subsidia o planejamento e a formulação de políticas públicas voltadas para o desenvolvimento do setor agropecuário.

Fonte: Ascom/PMJ
Licença Creative Commons

Postar um comentário

0 Comentários

Publicidade: