Destaques arredondados Z2

6/Z2/ticker-posts

Publicidade:
Publi aqui - Portal Spy

Termômetros atingiram 38º com sensação térmica de 42º em Juazeiro, BA; saiba como enfrentar a onda de calor sem riscos à saúde

Crianças e idosos são mais vulneráveis; reforço na hidratação é principal medida.

Foto: Ilustração

Os juazeirenses vão precisar reforçar os cuidados com a saúde para passarem imunes por essa temporada que promete marcar recordes de calor, segundo alertas.
De acordo com nota emitida pelo Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), a previsão é que até o dia 10 de outubro a região nordeste continue apresentando altas temperaturas. Em Juazeiro, há previsão de tempo seco e sem chuvas, além de baixos índices de umidade. Nesta quarta-feira (27), os termômetros na cidade atingiram os 38º com sensação térmica de 42º.

De acordo com o clínico geral Último Libânio da Costa, como o corpo não está acostumado com o calor excessivo, ele fica vulnerável a complicações de saúde ligadas à desidratação e à exposição ao sol. “É importante termos em mente que a maior parte do nosso corpo é composta por água. Então, a desidratação impacta no funcionamento pleno do organismo”, afirma. “Pode levar a insuficiência renal, porque o rim precisa de líquido. Além disso, como o sangue fica espesso, pode causar queda de pressão arterial, perda de consciência e até a morte”, alerta o médico.

Confira dicas de cuidados para enfrentar onda de calor sem riscos à saúde

Não descuide da hidratação; 
Costa reforça que não há fórmula ideal de hidratação que valha para todas as pessoas, cada corpo vai demandar uma quantidade de água que precisa ser respeitada para evitar complicações de saúde. “Muito se fala sobre os dois litros de água por dia, mas não é assim, a média varia de pessoa para pessoa. Um bom marcador para avaliar a hidratação é o aspecto da urina, o ideal é que ela esteja transparente, se estiver concentrada, beba mais água”, aconselha. 

Use roupas leves; 
Em períodos de calor extremo e tempo seco, o suor pode ser um inimigo. Para evitar desgaste do corpo sem necessidade, o médico indica usar roupas adequadas ao clima, sem abusar de casacos e peças pesadas. “No calor, escolher usar roupas leves é uma medida de prevenção. Nada de insistir nos agasalhos”, diz. 

Não é preciso largar os exercícios físicos; 
De acordo com o clínico geral Último Libânio da Costa, apesar de exercícios físicos demandarem mais o corpo, não é preciso cortar com a prática durante a onda de calor. Mas alguns cuidados são necessários. “A prática esportiva pode acontecer durante períodos do dia de calor menos intenso, normalmente, depois das 16h, mas vale avaliar a cada dia. Sempre acompanhada de água ou isotônico e roupas mais leves”, reforça. 

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code

Publicidade::
Publi aqui - Portal Spy