Destaques arredondados Z2

6/Z2/ticker-posts

Lula anuncia liberação de R$ 600 milhões do FGTS para vítimas das chuvas no Sul e R$ 1 bilhão em empréstimos do BNDES


O presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou na noite desta terça-feira (12) a liberação de R$ 600 milhões do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para vítimas das fortes chuvas no Rio Grande do Sul. Serão contemplados 354 mil trabalhadores.

Lula também disse que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) vai empenhar R$ 1 bilhão para ações de recuperação da economia da região. Será uma linha de crédito com juro zero, corrigida apenas pela inflação, destinada às pessoas jurídicas.

O estado sofreu com um ciclone extratropical na semana passada, que levou chuvas fortes ao Rio Grande do Sul e causou dezenas de mortes, além de ter deixado milhares desabrigados.

O presidente fez o anúncio após uma reunião de mais de duas horas com o vice-presidente, Geraldo Alckmin, e ministros. A equipe do governo discutiu ações de socorro ao Rio Grande do Sul.

“Eu e o companheiro Alckmin acabamos de fazer uma reunião com a comissão que foi criada para tratar dos problemas do Rio Grande do Sul. Além dos R$ 740 milhões anunciados por ele no último domingo, nós tomamos uma decisão agora de fazer uma concessão de empréstimo do BNDES de R$ 1 bilhão para ajudar a recuperar a economia de todas as cidades. E ao mesmo tempo, a liberação de R$ 600 milhões do fundo de garantia para atender 354 mil trabalhadores que têm fundo de garantia”, afirmou o presidente em vídeo gravado para as redes sociais.

Lula assegurou que o governo continua acompanhando a situação no estado. O Rio Grande do Sul registrou chuvas fortes novamente nesta terça.

"O que eu posso garantir ao povo do Rio Grande do Sul, ao povo da região que foi prejudicada pela chuva, é que o governo federal não faltará no atendimento às necessidades do povo da região”, completou.

Chuvas continuam
A previsão do tempo aponta que os próximos dias serão de muita chuva em todo o Rio Grande do Sul.

De acordo com meteorologistas, a maior preocupação ocorre a partir desta terça: diversas regiões do estado, incluindo o Vale do Taquari, já afetado pelas tempestades, podem registrar acumulados de chuva superiores a 100 milímetros até quinta-feira (14).

Visita de Lula ao RS
Lula vem sendo criticado por ainda não ter visitado as áreas afetadas pelas chuvas no Rio Grande do Sul. Na semana passada, ele viajou para a Índia, onde participou da reunião de cúpula do G20.

De acordo com o blog da Ana Flor, o presidente avalia ir ao estado na próxima quinta-feira (14).

Postar um comentário

0 Comentários

Publicidade:

Ad Code

Publicidade: