Destaques arredondados Z2

6/Z2/ticker-posts

Regulação de leitos na Rede PEBA é de responsabilidade dos governos dos estados; entenda como a prefeitura atua


A regulação de leitos é gerida, exclusivamente, pela Central de Regulação Interestadual de Leitos Bahia-Pernambuco (CRIL). Quando um paciente internado precisa de transferência para outro serviço, o município, através da unidade de saúde, solicita a regulação no sistema da CRIL.
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A central faz a busca de uma vaga disponível na unidade que atende o perfil assistencial necessário e solicita o transporte do paciente à secretaria de saúde do estado. Todo o processo de regulação é realizado pela CRIL. Ao município cabe prestar a assistência devida ao paciente enquanto aguarda a transferência.

“A insuficiência de leitos é, sem dúvida, um dos grandes gargalos da Rede PEBA. Apesar da gestão municipal não ter gerência direta sobre o sistema da CRIL, sempre que um paciente necessita de transferência fazemos todo o possível para que o processo seja concluído o mais rápido possível”, garantiu o secretário de Saúde de Juazeiro, Allan Jones.

O secretário citou o recente caso de uma paciente neurológica que aguardava um leito em uma unidade de referência. “Rita de Cassia dos Santos foi acolhida pela nossa UPA e precisava de um acompanhamento especializado. Durante os seis dias em que ela permaneceu conosco, oferecemos toda a assistência necessária para mantê-la estabilizada, enquanto aguardava a transferência. Além disso, mantivemos contato frequente com a CRIL e gestores de saúde do estado da Bahia e Pernambuco. A liberação da regulação aconteceu na tarde desta quinta-feira (17)”, detalhou o secretário.

A Rede Interestadual de Atenção à Saúde do Vale do Médio São Francisco (Rede PEBA) surgiu, em 2011, com a promessa de reordenar os serviços e facilitar o acesso à assistência em saúde de média e alta complexidade. Juazeiro é um dos 53 municípios, distribuídos pelos estados da Bahia e Pernambuco, que formam a Rede PEBA.

Postar um comentário

0 Comentários

Publicidade:

Ad Code

Publicidade: