Destaques arredondados Z2

6/Z2/ticker-posts

Atendimento Educacional Especializado foi foco de formação realizada pela PMJ


A Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Educação e Juventude (Seduc), realizou nesta terça-feira (15), no auditório do Colégio Modelo Luiz Eduardo Magalhães, o encontro ‘Atendimento Educacional Especializado (AEE) e os Transtornos de Aprendizagem’. A atividade teve como público-alvo os coordenadores pedagógicos e contou com a participação da superintendente pedagógica da Seduc, Willany Cunha, das equipes do Núcleo de Atendimento Psicossocial e Inclusão (Napsi) e do Espaço Humanizar.
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

De acordo com a coordenadora do Napsi, Jumária Monteiro, o objetivo do encontro foi discutir as dúvidas e principais dificuldades dos coordenadores pedagógicos no AEE e os transtornos de aprendizagem no ambiente escolar. “Sabemos que a rede municipal de ensino recebe um público significativo com algum transtorno de aprendizagem. Esse é um momento para esclarecer dúvidas que ajudem na melhoria do atendimento a esse público”, explicou.

A coordenadora do Espaço Humanizar, Jussya Rodrigues, uma das responsáveis pela condução da atividade, também falou sobre o encontro. “Esse encontro com coordenadores foi um momento muito importante para esclarecer algumas questões relacionadas aos alunos com transtornos de aprendizagem, como discalculia, dislexia, hiperatividade e déficit de atenção. Dúvidas que chegam cada vez mais fortes e que refletem uma demanda crescente nas escolas. No encontro, conseguimos conversar e esclarecer dúvidas. Quando trocamos essas informações, a gente se fortalece para orientar tantos os professores e equipes na escola, como as famílias”, ressaltou Jussya.

Para a coordenadora pedagógica da Escola Municipal José de Amorim, Luana da Paixão Santos, a reunião supriu uma demanda dos coordenadores pedagógicos. “A cada ano recebemos mais estudantes com transtorno de aprendizagem e o encontro nos ajuda a suprir a necessidade de entender como qualificar o atendimento a essas crianças, além de oferecer o suporte necessário aos professores e aos pais.

Fonte: Ascom/PMJ
Licença Creative Commons

Postar um comentário

0 Comentários

Publicidade:

Ad Code

Publicidade: