Destaques arredondados Z2

6/Z2/ticker-posts

Publi topo do site

Publicidade:
Publi aqui - Portal Spy

Pesquisa aponta baixa no preço da cesta básica em Petrolina e Juazeiro

Em contrapartida, o feijão teve aumento, tanto na região quanto a nível nacional, devido à redução da oferta em função da entressafra e uma demanda estável.

Foto: Ilustrativa/Freepik

O Colegiado de Economia da Faculdade de Petrolina (Facape) acaba de divulgar o boletim da cesta básica do mês de março, comparando com fevereiro de 2023. Segundo a pesquisa, houve uma queda nos preços dos produtos essenciais nas cidades de Petrolina e Juazeiro.
Itens como banana, leite, farinha e café apresentaram redução em seus preços, mas o destaque ficou por conta do tomate, que teve a maior queda por conta do início da safra de inverno e problemas de qualidade da fruta, gerando aumento de oferta. Em contrapartida, o feijão teve aumento, tanto na região quanto a nível nacional, devido à redução da oferta em função da entressafra e uma demanda estável.
Cópia sem citação da fonte com link para este post pode sofrer punições legais.
Em relação ao mês anterior, março apresentou deflação de -6,65% em Petrolina e -4,79% em Juazeiro. A cesta básica em Juazeiro custou R$ 545,63, enquanto em Petrolina foi de R$ 539,52. Portanto, a cesta básica na cidade pernambucana está mais barata do que na cidade baiana.

João Ricardo Lima, professor do curso de Economia da Facape e coordenador da pesquisa, destacou que os consumidores precisam pesquisar com antecedência para economizar no momento da compra.
Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos clicando aqui! O post 'Pesquisa aponta baixa no preço da cesta básica em Petrolina e Juazeiro' apareceu primeiro no Portal Spy.
Informações: Facape
Licença Creative Commons
Cópia sem citação da fonte com link para este original pode sofrer punições legais.
Portal Spy - Notícias de Juazeiro (BA), Petrolina (PE) e Região. Blog de Notícias.

Portal Spy - Notícias de Juazeiro (BA), Petrolina (PE) e Região. Blog de Notícias.

Postar um comentário

0 Comentários

Publicidade: