Portal Spy - Assaí Show de Prêmios - Petrolina-PE

Crianças das Emeis Jandira Borges e Suely Medrado conhecem cultura e tradições de Juazeiro (BA) através de passeio

Conhecer esses aspectos já na infância, e de forma lúdica e divertida, é despertar nas crianças o interesse e a curiosidade pela cidade que completa 144 anos.

Foto: Reprodução
::: Siga o Portal Spy no Google Notícias :::
Conhecer a cultura de Juazeiro, suas lendas, pontos turísticos e a história da navegação no Rio São Francisco é uma forma de criar laços e reforçar a identidade, enquanto cidadão juazeirense. Conhecer esses aspectos já na infância, e de forma lúdica e divertida, é despertar nas crianças o interesse e a curiosidade pela cidade que completa 144 anos no dia 15 de julho, e foi isso que os pequenos estudantes das Escolas Municipais de Educação Infantil Jandira Borges e Suely Medrado Araújo vivenciaram nesta terça-feira (12).

Acompanhados pela equipe gestora das escolas e professores, as crianças, com idades entre 2 e 5 anos, fizeram um passeio pela cidade, percorrendo o Mercado do Produtor, Lagoa de Calu, Orla de Juazeiro e finalizaram o roteiro no Museu Regional do São Francisco, ponto alto do percurso.
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

No local, os pequenos puderam conhecer um pouco sobre a navegação no Rio São Francisco, roupas, móveis e equipamentos de época, e as lendas do Velho Chico, inclusive, a da famosa “carranca”, que na literatura popular é responsável por proteger as embarcações que navegam no Rio São Francisco. As crianças visualizaram o símbolo popular de forma curiosa e sem expressar medo.

A gestora das escolas, Tânia Rosa, também informou que a atividade integra o projeto educacional “Minha cidade tem história e memória”, que tem o objetivo de proporcionar a valorização da cidade e da cultura e tradição locais. “Além de despertar a curiosidade e o desejo de entender os acontecimentos da nossa cidade, eles puderam aprender de uma forma prazerosa e lúdica. Esse passeio permitiu olhar a fundo a história do nosso povo, proporcionando um resgate cultural após tempos tão difíceis pandemia”, finalizou Tânia.

Brena Souza - Ascom/Seduc/PMJ
Fotos: Arquivo pessoal

Deixe seu comentário

Antes de comentar qualquer matéria leia as regras de utilização do Portal. Qualquer comentário que violar as regras será automaticamente excluído por nossa equipe. É proibido inserir links (urls) dentro do comentário, caso contrário o mesmo será deletado por nossa equipe.

Postagem Anterior Próxima Postagem