sexta-feira, 15 de maio de 2020

Anvisa faz alerta sobre túneis e câmaras de desinfecção de pessoas: 'Não inativa vírus dentro do corpo e pode causar danos, inclusive óbito'

Procedimento rápido não seria suficiente para garantir o processo de desinfecção, produtos ainda podem causar danos e efeitos adversos, inclusive podendo levar a óbito


Foto: Reprodução/Internet
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou uma nota na qual afirma "faltar evidências científicas" de que o uso de estruturas como câmaras, cabines e túneis para desinfecção de pessoas tenha eficácia, enquanto medida preventiva contra o novo coronavírus.
De acordo com a autoridade sanitária, "a duração de 20 a 30 segundos para o procedimento não seria suficiente para garantir o processo de desinfecção". Além disso, a nota técnica, divulgada na noite de ontem pela Anvisa, reforça que a adoção desse mecanismo "não inativaria o vírus dentro do corpo humano, além de poder causar danos à saúde de quem se submetesse à desinfecção com saneantes aplicados diretamente na pele e nas roupas".
Veja mais notícias políticas em Juazeiro, Petrolina e Região: (clique aqui)
Ao citar algumas particularidades dos procedimentos adotados para evitar a introdução e a disseminação do vírus em ambientes controlados, como hospitais e laboratórios de alta segurança, a Anvisa acrescenta que, embora tenham características comuns, ambientes hospitalares e de laboratórios não são iguais, exigindo, portanto, "regras e protocolos diferentes, uso de produtos e procedimentos seguros, práticas rígidas de higienização das mãos, corpo, roupas, salas e utensílios, além de adotarem equipamentos de proteção individual (EPIs) muito específicos, entre outras características".

Ainda de acordo com a nota técnica da Anvisa, produtos químicos usados nos saneantes aprovados são destinados à limpeza e higienização de superfícies como móveis, bancadas, pisos, objetos e paredes. Tais produtos, ao entrarem em contato com a pele ou aplicados diretamente sobre ela, "podem causar danos e efeitos adversos", alerta a agência.

No caso do peróxido de hidrogênio, alerta a Anvisa, sua inalação pode causar irritação no nariz, garganta e vias respiratórias, podendo provocar bronquite ou até mesmo edema pulmonar. Outro produto usado em alguns desses equipamentos, os quaternários de amônio podem causar irritação na pele e nas vias respiratórias, além de reações alérgicas.

Quanto ao gás ozônio, até mesmo uma exposição leve ou moderada produz problemas nas vias respiratórias e irritação nos olhos. "Dependendo do tipo de exposição, pode causar desconforto respiratório e outros danos, podendo levar a óbito", complementa a nota. Fonte: Agência Brasil
 Comente esta matéria em nosso facebook.
Via: Portal Spy Licença Creative Commons
Cópia não autorizada estará sujeita a punições legais.
Ver notícias de Juazeiro-BA, Ver notícias de Petrolina-PESite de Notícias de Juazeiro-BA e Petrolina-PEBlog de notícias de Juazeiro -
Blog notícias de Petrolina-PE
, Blog Geraldo José - RedeGN, Blog Carlos Britto, Rádio Juazeiro AM 1190, Rádio Cidade AM 870, Blog do Coronel, Blog Vale em Foco, Blog Edenevaldo Alves, Blog Preto no Branco, Blog do Farnésio, Blog Waldiney Passos, Blog Petrolina em Destaque, Blog do Vinícius Santana, Blog Petrolina News, Blog do Ricardo Banana


Postar um comentário

Notícias por Categoria

...
Veja mais notícias organizadas por categoria

Whatsapp Button works on Mobile Device only