quinta-feira, 29 de agosto de 2019

Univasf e UFPE desenvolvem novo laser que emite luz ultravioleta

Univasf e UFPE desenvolvem novo laser que emite luz ultravioleta - Portal Spy
Imagem meramente ilustrativa, simulação de raios ultravioletas.
A criação de um laser randômico flexível que emite luz ultravioleta é o resultado de um estudo realizado por pesquisadores do Programa de Pós-Graduação em Ciência dos Materiais da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) e do Departamento de Física da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). A pesquisa constatou que o laser é tão potente e eficiente quanto o laser comum e tem baixo custo de produção, pois sua fibra foi desenvolvida a partir da celulose. A pesquisa foi divulgada, recentemente, no periódico Scientific Reports, revista de acesso aberto da Nature.
 Comente esta matéria em nosso facebook.O laser, obtido a partir de nanopartículas de zinco em um suporte de celulose, é flexível devido aos materiais utilizados na composição de suas fibras, que foram produzidas no Laboratório de Espectroscopia de Impedância e Materiais Orgânicos (Leimo) da Univasf, coordenado pelo professor Helinando Pequeno de Oliveira, do Programa de Pós-Graduação em Ciência dos Materiais. Além do professor Oliveira, integram o estudo os professores Nikifor Rakov, da Univasf; Cid de Araújo, Leonardo de Souza Menezes e Anderson Gomes, da UFPE, além de estudantes do Mestrado em Ciência dos Materiais da Univasf e pesquisadores de pós-doutorado da UFPE.
De acordo com o professor Oliveira, a fibra é composta por material orgânico, flexível e de baixo custo, emitindo luz mesmo quando dobrado ou amassado. Estas características tornam a fibra e o laser propícios a aplicações em diversas áreas, especialmente na biomedicina. As aplicações do laser randômico, cujos raios se propagam de maneira aleatória, ainda serão alvo de pesquisas posteriores.

Este trabalho integra uma linha de pesquisa com fibras orgânicas, desenvolvida pela equipe de pesquisadores do Leimo, e que vêm sendo aplicadas tanto para armazenamento de energia (supercapacitores) quanto para emissão de luz.

Fonte: Renata Freitas / Comunicação Univasf
Via: Portal Spy

Postar um comentário

Notícias por Categoria

...
Veja mais notícias organizadas por categoria

Whatsapp Button works on Mobile Device only