sábado, 2 de junho de 2018

Greve dos caminhoneiros reduz poluição do ar pela metade em Campinas

Para especialista, momento inesperado é "oportunidade única" para avaliação de uma nova postura no uso de veículos automotores
Greve dos caminhoneiros reduz poluição do ar pela metade em CampinasAções de conscientização marcarão Semana do Meio Ambiente em Petrolina - Notícias, Meio Ambiente, Petrolina-PE, Juazeiro-BA
Faixa de poluição observada da Torre do Castelo, em Campinas (Foto: Luciano Claudino/Código 19) 
A redução do tráfego causada pela greve dos caminhoneiros reduziu pela metade os índices de poluição do ar em Campinas, segundo dados colhidos junto à Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo). 
Na semana que antecedeu a greve (14 a 18 de maio), o índice de materiais particulados medido pela estação da Cetesb instalada no Centro de Campinas atingiu a média máxima de 27,7, no dia 16. 

No dia 30, considerado o último da greve - quando o bloqueio na Replan foi desfeito e os caminhões começaram a levar combustíveis para os postos de Campinas - a média foi de apenas 14,7. 

De modo geral, houve queda nos níveis de poluição em Campinas durante todos os dias da greve - que começou em 21 de maio e foi até o dia 30 - em relação aos dias da semana anterior. 

A queda também é considerável por ter ocorrido mesmo com a redução dos índices de umidade do ar, o que prejudica a dispersão dos poluentes da atmosfera. 

Para a Catesb, o índice é considerado "bom" quando fica de 0 a 40. Em Campinas, no período analisado pela reportagem do ACidade ON, em nenhum momento a qualidade do ar ficou regular, ruim ou péssima. 


Veja matéria completa: https://www.acidadeon.com/campinas/

Notícias por Categoria

...
Veja mais notícias organizadas por categoria

Whatsapp Button works on Mobile Device only