Ministério da Saúde libera R$ 54 milhões para custeio de leitos de UTI na Bahia

Portaria foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (25). Ao todo, pasta destinou R$ 1,048 bilhão para estados, municípios e Distrito Federal.

O Ministério da Saúde vai destinar R$ 54.096.000,00 em recursos para custeio de 1.127 leitos para pacientes com Covid-19 na Bahia. A liberação do montante consta de uma portaria publicada na edição desta terça-feira (25) do Diário Oficial da União.
Link de Grupo de whatsapp de notícias de Juazeiro Bahia, Petrolina Pernambuco
As despesas autorizadas são referentes ao mês de maio de corresponderão ao total de R$ 1.048.320.000,00 repassados a estados, municípios e Distrito Federal para despesas com 21.998 leitos.
Veja mais notícias da Bahia: (clique aqui)
Em Salvador, o Hospital do Subúrbio terá direito a R$ 5,6 milhões, a maior fatia de aportes encaminhados para hospitais da capital, onde há a maior pressão no sistema de saúde
-   CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE   -Publicidade - Meio do Post - Portal Spy
Entre as cidades do interior, Feira de Santana receberá R$ 2,5 milhões para custear 73 leitos de UTI.

A lista de hospitais, fundações, associações hospitalares, santas casas, institutos, prontos-socorros e demais estabelecimentos que receberão, em caráter excepcional, os recursos pode ser conferida aqui.
Comente esta matéria em nosso facebook.Fonte: Bahia.ba
via: Portal Spy Licença Creative Commons
Cópia não autorizada estará sujeita a punições legais.
Ver notícias de Juazeiro-BA, Ver notícias de Petrolina-PESite de Notícias de Juazeiro-BA e Petrolina-PEBlog de notícias de Juazeiro -
Link de Grupo de whatsapp de notícias de Juazeiro Bahia, Petrolina Pernambuco
, Blog Geraldo José - RedeGN, Blog Carlos Britto, Rádio Juazeiro AM 1190, Rádio Cidade AM 870, Blog do Coronel, Blog Vale em Foco, Blog Edenevaldo Alves, Blog Preto no Branco, Blog do Farnésio, Blog Waldiney Passos, Blog Petrolina em Destaque, Blog do Vinícius Santana, Blog Petrolina News, Blog do Ricardo Banana

Postar um comentário

0 Comentários